11 de setembro e a reflexão sobre a tolerância

Setembro 11, 2010 Deixe um comentário

Quando penso na efeméride do 11 de setembro, lembro da obra “É preciso salvar a Comunicação”, de Dominique Wolton. O autor propõe o termo INCOMUNICAÇÃO para designar o momento atual. Para ele, intolerantes à diversidade, estamos nos incomunicando em uma Babel cada vez mais tecnológica e interligada.  A data, que marca quase uma década do atentado às Torres Gêmeas, deve servir de estímulo a uma reflexão sobre a tolerância, o respeito às diferenças. Ao invés disso, a hostilidade é devolvida na mesma moeda, com a ameaça de incendiar obras sagradas. O desrespeito à cultura do outro, leva à guerra. A coabitaçao conduz à paz. Que este possa ser o olhar daqueles que estão no poder.

Anúncios
Categorias:Uncategorized

Uma noite em 1967

Setembro 6, 2010 Deixe um comentário

Hoje fui assistir com meu amor o documentário Uma Noite em 1967. O filme mostra os bastidores do maior festival de música popular brasileira dos anos 60. E mostra também no que se transformaram alguns dos nomes musicais que ele lançou. Eu não era nem nascida em 67 (sou uma X dos anos 70), mas concordo com Caetano –  do passado, só se deve sentir falta do vigor físico, do viço juvenil. De resto, ficamos melhores com o passar dos anos. Eles nos trazem experiência, sabedoria, novo olhar sobre tudo. Bom é viver a vida sem lenço, sem documento, nada no bolso ou nas mãos, seguir em frente, por que não??

Categorias:Uncategorized

Pesquisa afirma que 72% dos adultos enviam SMS – Vida Digital – Notícia – VEJA.com

Setembro 3, 2010 Deixe um comentário

Segundo um estudo divulgado pela Pew Internet and American Life Project, cerca de 72% dos adultos americanos usam o recurso de envio de mensagens em seus celulares.

via Pesquisa afirma que 72% dos adultos enviam SMS – Vida Digital – Notícia – VEJA.com.

Categorias:Uncategorized

Mais uma crise no RS

Setembro 2, 2010 Deixe um comentário

A crise que estourou hoje no RS envolvendo suposta verba desviada do Banrisul compromete  a imagem de uma das instituições mais tradicionais do Estado. Esta talvez seja uma das maiores crises enfrentadas pelo banco nos últimos tempos, somando-se a outros problemas administrativos, ações de hackers, etc. Como pesquisadores na área, é nosso papel acompanhar o gerenciamento desta crise por parte do governo e dos dirigentes da instituição. Hoje pela manhã Yeda já acionou o Comitê de Crise, na Expointer. Mas sempre vale lembrar que a regra principal para o gerenciamento de uma crise é transparência. Uma crise gerenciada com honestidade repercute na imagem, mas preserva a reputação de uma organização. Para o banco dos gaúchos continuar a fazer jus a este slogan, é fundamental que os envolvidos nesta crise não esqueçam esta lição.

Categorias:Uncategorized

Redes sociais disputam os internautas

O Orkut está passando por um reposicionamento para competir com outras redes sociais como Twitter e Facebook. O objetivo é evitar a evasão de internautas. Entretanto, acho que essa mudança está levando o Orkut a perder sua identidade como “Caras da vida privada”. Twitter e Facebook têm sua arquitetura mais apropriada para a discussão de opiniões e conexões. Orkut parece que força a barra ao fazer isso. Melhor continuar sendo um grande diário das menininhas….

Categorias:Uncategorized

Nem os anjos resolvem

Agosto 29, 2010 1 comentário

As eleições para o Legislativo são um grande shopping center. Há candidatos para todos os gostos, dos mais bizarros até aqueles no melhor estilo low profile, que nem falam (fico curiosa em saber como enfrentarão uma plenária). Há também os que batem no peito que são cristãos e até para anjinhos apelam.

Já no Executivo, a situação tenta nos convencer de que vivemos em um lugar idílico, onde tudo funciona bem, sem filas, com saúde e educação de primeiro mundo. Como diria o Legião: Que País é Este?

Categorias:Uncategorized

Magister ille qui semper docet non est, sed qui, repente, discit

Agosto 24, 2010 1 comentário

Hoje estou  muito interessada em me expressar em latim. Tudo começou ao ouvir Panis et circenses, dos Mutantes,  pela enésima vez… A frase acima (o mestre nem sempre ensina, aprende também) mostra o quanto nós, professores, estamos sempre aprendendo com nossos seguidores. Eu amo estar em sala de aula, oxigena meu cérebro, rejuvenesce meu espírito a cada semestre… Docência  é um trabalho sério, mas, ao mesmo tempo, muito divertido. Por isso, o post de hoje é em homenagem a todos os meus queridos alunos, que fazem minha vida ficar mais alegre (e ainda ganho para isso).

Categorias:Uncategorized